Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


E como o prometido é devido aqui fica a continuação da nossa estadia pelas fantásticas ilhas Phi Phi.

 

Como já vos tinha contado, no final do 1º dia fomos procurar capitão e um barco para nos levar a passear um dia inteiro, por sítios à nossa escolha. Na fase de preparação da viagem já tínhamos alguns sítios em mente e chegámos a um acordo com o senhor da loja de aluguer de barcos, quanto ao preço e tempo que iriamos usufruir. Uma ideia a reter: tudo se negoceia até ao último tostão.

IMG_1274.JPG

 

Quando chegámos ao barco, percebemos que o “capitão” era simpático e sorridente, mas não falava inglês e pensámos “isto não vai correr bem”. Entrámos e dissemos qual o nosso primeiro destino, Maya Bay. Neste local foi filmado o filme A Praia com o Leonardo DiCaprio e sempre ouvi maravilhas do sítio. É realmente paradisíaco e lindíssimo, pena ser tão comercial e ter tanta gente a querer visitar. Por acaso tivemos sorte com o dia, mas normalmente está cheio de pessoas. Ficámos umas horas a desfrutar o sitio e combinámos uma hora com o “capitão” para nos levar à próxima paragem.

 

10380651_10152292061433020_8159406812023522033_o.j

IMG_8341.JPG

 

A próxima paragem foi decidia pelo “capitão”, a Blue Lagoon, não tínhamos ouvido falar, mas não dissemos que não, claro. E ainda bem. Água cristalina, uma lagoa rodeada de rochedos cobertos de um manto verde de plantas, o sítio parecia ter saído de um filme. Logo de seguida passamos por uma caverna, onde realmente vivem pessoas. Sim, a paisagem é bonita, mas n vivia ali dentro das rochas, MEDOOO!

IMG_8413.JPG

 

IMG_1321.JPG

 

A paragem seguinte foi escolha nossa, Monkey Beach, mas se ao principio estávamos super entusiasmados, no final já só queríamos sair dali. Imaginem uma praia pequena, onde só moram macacos e onde eles controlam literalmente quem põe os pés no território deles, para além de quererem roubar tudo o que as pessoas tenham de comida nos barcos e caso não lhe queiramos dar tornam-se agressivos. Eu cá não quis muitas macacadas com eles. Já o nosso “capitão” parecia falar a mesma língua que eles, foi muito estranho.

IMG_8488.JPG

 

 

 

 

 

IMG_8493.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O almoço foi no centro da ilha, uma zona mais comercial e muito carismática, com imensas lojinhas, restaurantes. Onde as pessoas são muito simpáticas e claro (tal como em todo o lado na ilha) quando entramos em algum sítio, temos de deixar os sapatos à porta.

 

Da parte da tarde fomos até Bamboo Island e Mosquito Island. Na primeira apenas descasámos um bocadinho, na segunda fomos fazer um snorkeling (tal como já tínhamos feito de manhã na Blue Lagoon). São dois sítios bonitos, mas não tão fabulosos como os anteriores.

 

Regressámos ao nosso paraíso privado, agradecemos da maneira que conseguimos ao nosso “capitão” e fomos jantar ao restaurante tailandês do resort, onde podemos dizer que a comida era bastante boa, já a sobremesa assemelhava-se bastante a barras de sabão.

 

No último dia foi um dolce fare niente e um jantarzinho fantástico, com uma carne e um peixe divinal, acompanhado de uma tempestade tropical no meio do mar, sem dúvida um cenário indescritível e um jantar memorável.

 

10660215_10154835939035131_4086194118129507268_n.j

 

IMG_1029.JPG

 O destino seguinte foi claramente de loucos. O oposto a esta paz e tranquilidade. 

 by Katbel

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



4 comentários

Imagem de perfil

BataeBatom a 31.10.2014

Que férias de sonho! :D
Têm fotos lindíssimas!
Imagem de perfil

Wine&Lipstick a 31.10.2014

Obrigada ! =) Gostamos mesmo de tirar fotos é verdade!

Esta viagem começou por ser um sonho, por isso ... tudo é possível! =)
Imagem de perfil

Wine&Lipstick a 31.10.2014

Deviamos ter a função de teletransporte, para pudermos ir lá desanuviar às vezes um bocadinho.

Comentar post



foto do autor