Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Greve no metro de Lisboa.

 

Caríssimos senhores que fazem greve,

 

Sem querer ferir susceptibilidades, escrevo-vos esta "carta". Sou apologista incondicional da liberdade. Concordo com o direito à greve. Acho que todos devemos lutar por melhores condições, inclusive no trabalho. Mas digam-me cá uma coisa: essa greve vai beneficiar-vos? Vão deixar de ter cortes? Os vossos "patrões" vão ouvir-vos, por pararem o metro uma manhã?

 

Eu sinceramente acho que não. Tal como eu, milhares de habitantes de lisboa se deslocam de metro para os seu trabalho. Sim vocês sabem que somos imensos. E o que acontece é que, por existir uma manhã em que vocês param de livre vontade, porque estão a praticar um direito vosso, todos nós estamos a fazer uma greve forçada.

 

Chegamos atrasados, deixamos pessoas penduradas à nossa espera, os nossos chefes resmungam, nós praguejamos contra vocês e no final do dia o que acontece?

 

Rigorosamente nada.

 

O balanço que podemos fazer é que alguns de vocês não se levantaram para ir trabalhar, outros de vós estão a tentar a vossa sorte a berrar umas palavras a alguém e nós os utilizadores estamos a fazer mais uma ou duas horitas ao final do dia, cheinhoooosss de sono por termos acordado cedo, porque O METRO FAZIA GREVE.

 

Deixo-vos a sugestão de irem mas é para a porta desses senhores "nada simpáticos e forretas" a meio da noite bater com tachos e panelas, aposto que isso os irritava mais, E nós simples utilizadores dos vossos tão prestáveis serviços agradecíamos do fundo do coração, mais uma deslocação matinal para o nosso trabalho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.




foto do autor