Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fui ontem, finalmente, ver as 50 Sombras de Grey! Eu sei que o filme não estreou nem há uma semana, mas já não podia ouvir falar mais do filme: mil opiniões diferentes e contraditórias, outros tantos suspiros por causa do Mr. Grey, acusações de violência doméstica e até à afirmação do espaço feminino em territórios masculinos...

 50_shades_of_Grey_wallpaper.jpg

Portanto, tinha de ver, não para constatar se os móveis eram mesmo de Paços de Ferreira (ainda contava ver nos créditos uma referência de tanto que se falou nisso), mas para ter a minha opinião!

 

Não fui de “olhos vendados” ver este filme, atraída pela fantástica campanha de marketing, porque já conhecia perfeitamente a história e, por isso, estou à vontade para dizer que achei uma reprodução bem classy do livro!

 

Portanto pessoas pudicas que anunciaram nos telejornais (e atraíram ainda mais pessoas ao cinema) que este filme era quase um escândalo mundial, se tivessem lido os livros estariam completamente mortificadas de tanta depravação...

 

Claro que nem tudo são maravilhas e convenhamos que não é um filme com grande enredo. Na verdade, 95% do filme temos apenas duas personagens, um sem número de close ups, muitas mordidas nos lábios e muitas frases feitas (o que me ri durante o filme com as falas do tal do Mr. Grey). Ah e claro, o filme tem muitas cenas de respiração, suspiros e gemidinhos, mas durante o filme consegue-se ultrapassar isso...

 

Em termos de balanço geral gostei, mas também porque ia com as expectativas bem lá no fundo. Achei que contaram a parte gira da história, com as cenas de sexo necessárias para manter o filme fiel ao livro, acho que a escolha dos atores foi acertada (sei que a maioria das pessoas só fala nele, no Mr. Grey, mas para mim foi Dakota Johnson que teve em grande) e, por isso, o meu conselho é vale sempre a pena ver...

 

 -------------

Yesterday I finally went to see the 50 Shades of Grey! I know that the premiere was less than a week ago, but I could no longer hear more of the film: a thousand different and contradictory opinions, so many sighs because of Mr. Grey, charges of domestic violence and the feminism statement on male territories ...

 

So I had to see, to have my opinion!

 

I wasn’t "blindfolded" to see the movie or attracted by the fantastic marketing campaign, because I perfectly knew the story. So I’m free to say that I found a very classy reproduction of the book!

 

So, prudish people who announced on the evening news (and still attracted more people to the theaters) that this film was almost a global scandal, if they had read the books, they would be completely mortified with so much depravity ...

 

Of course, the film is not perfect and we have to admit that it is not a movie with great plot. In fact, 95% of the movie have only two characters, a number of close ups, many bites on the lips and many clichés (which I laughed during the film with the Mr. Grey lines). Oh and of course, the film has many breathing scenes, sighs and groans, but you get used to that during the film...

 

In general I liked it, but also because it went with my expectations deep down. I thought they told the cute part of the story, with the sex scenes needed to keep the film faithful to the book and the choice of actors was perfect (I know most people only speak about him, Mr. Grey, but for me Dakota Johnson was the best), so my advice that is always worth seeing...

 

 

Fifty-Shades-Of-Grey-Gallery-03.jpg

 

by Kat

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estas são as nomeações para melhor ator principal: Steve Carell «Foxcatcher», Eddie Redmayne «The Theory of Everything»,

Michael Keaton «Birdman», Benedict Cumberbatch «The Imitation Game» e Bradley Cooper «American Sniper». Ainda não vi o filme «Foxcatcher», nem o «Birdman», mas entre os outros três acho que não vai ser tarefa fácil eleger, qual deles o melhor. 

best 1.tiff

 

Bradley Cooper a desempenhar o papel de um soldado de guerra, no constante dilema de optar entre lutar pela família ou pela pátria. Benedict Cumberbatch assume o papel de um génio da matemática, que consegue salvar milhões de vidas, através da desencriptação de uma "arma" alemã, mas que simultaneamente luta contra o preconceito da homossexualidade. E agora, Eddie Redmayne, interpreta o papel de um brilhante cosmólogo, que tem um papel muito importante no desenvolvimento das teorias relacionadas com o "tempo", mas que luta contra o "tempo" que lhe resta de vida, através da força de um grande amor. 

 

O que é que têm em comum estas histórias tão diferentes? Serem todas baseadas em factos reais! 

 

Quem irá ganhar ? 

 

Se a decisão fosse minha, confesso que dava o galardão a  Eddie Redmayne «The Theory of Everything». Pelo dura, fantástica, real, cativante e emocionante personagem que interpreta. Acho que só vendo o filme vão entender o que quero dizer.

 

best2 .tiff

 

 

 

-------------------------

 

These are the nominations for best leading actor: Steve Carell 'Foxcatcher' Eddie Redmayne 'The Theory of Everything'

Michael Keaton 'Birdman' Benedict Cumberbatch 'The Imitation Game' and Bradley Cooper 'American Sniper'. I have not seen the movie 'Foxcatcher' or the 'Birdman', but among the other three think it will not be easy task to choose, which one is the best.

 

Bradley Cooper plays the role of a soldier of war with a constant dilemma, to choose between fighting for the family or the country. Benedict Cumberbatch plays the role of a mathematics genius that saved millions of lives through the decryption of a  German "weapon", but simultaneously fight against prejudice of homosexuality. And now, Eddie Redmayne plays the role of a brilliant cosmologist, which has a very important role in the development of theories related to "time", but he also has to fight against "time" he has left to live by the strength of a great love.

 

What these different stories have in common? They are all based on real facts!

 

Who will win?

 

If the decision were mine, I confess I gave the award to Eddie Redmayne 'The Theory of Everything'. For the tough, fantastic, real, captivating and exciting character he plays. I think that only seeing the movie, you will understand what I mean.

 

Beijinhos 

 

by Bel

Autoria e outros dados (tags, etc)

american sniper.tiff

 

Por esta altura, andamos todos a tentar ver "numa corrida" os filmes nomeados para os Óscares. Confesso que já vi alguns, mas este ano as escolhas não me deixaram louca para as corridas às bilheteiras, excepto um ou outro que acho que valem a pena ser falados. 

 

American Sniper, um filme de Clint Eastwood baseado em factos reais, retirados da autobiografia de Chris Kyle. 

 

Chris Kyle considerado um dos mais letais snipers americanos na história militar dos EUA, mas para muitos ele era mais que um grande soldado, era um herói. Pai de dois filhos e casado com um mulher forte, mas também muito bonita, Chris vivia dividido entre dois mundos, o da guerra, em que defendia a pátria acima de tudo e o mundo familiar. 

 

Não querendo dar spoilers para quem ainda não foi ver o filme, posso dizer que o filme é cativante em todos os momentos e nos prende claramente à cadeira. É uma história de guerra, mas também da união entre os soldados, do sofrimento por que passam e das decisões e riscos com os quais se tem de viver. Não é um filme que faça chorar, mas é um filme que nos deixa a pensar na dura realidade das vidas perdidas numa guerra. 

 

Apesar das pequenas falhas do realizador já muito comentadas, o filme está nomeado para 6 categorias, incluindo "Melhor fotografia", "Melhor filme do ano" e "Melhor actor" para Bradley Cooper. O actor está 20 kg mais gordinho neste filme, mas não deixa de nos encantar com o seu papel de soldado duro, mas também de marido encantador, apesar de todos os tormentos. 

 

Um filme a não perder! 

 

-------------------------

 

By this time, we're all trying to see "in a race" the films nominated for the Oscars. I confess I've seen some, but this year the chosen ones  didn’t left me crazy, except one or two that I think are worth being spoken.

 

American Sniper, a Clint Eastwood film based on real facts, taken from Chris Kyle autobiography.

 

Chris Kyle considered one of the deadliest snipers Americans in US military history, but for many it was more than a great soldier, was a hero. Father of two children and married to a strong and beautiful woman, Chris lived torn between two worlds, the war, in which he defended the homeland above all and the family.

 

I do not want to give spoilers to anyone who has not yet see the movie, but I can say that the movie is captivating at all times and clearly makes us hold to the chair. It is a story of war, but also the union of the soldiers, the suffering experienced and decisions and risks with which they must live. It is not a movie that makes us cry, but it is a film that leaves us to think the hard reality of the lives lost in war.

 

Despite the minor flaws of the director, already much commented, the film is nominated for 6 categories including "Best Picture", "Best film of the year" and "Best Actor" for Bradley Cooper. The actor is 20 kg more chubby in this film, but does not fail to delight us with their role as tough soldier, but also charming husband, despite all the torments.

 

A movie not to be missed!

 

 facebook instagrambloglovin'

by Bel

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



foto do autor