Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Realmente há dias especiais e ontem foi um deles.

 

Então não é que ontem decidi ir com o mais que tudo ao cinema  (que por sinal fica a 1 KM da minha casa !!! ) , ver a Missão Impossível, já íamos quase atrasados e quando dou por mim na fila, estava a passar ao meu lado duas pessoas que me pareciam conhecidas. Comecei a ver todas as cabeças a girar e muitos sorrisos rasgados, quando olhei ali estavam os Reis de Espanha abraçados a passar mesmo ao meu lado, descontraídos nas suas calças de ganga com os três guarda-costas, que mesmo querendo parecer pessoas comuns, não enganavam ninguém pela sua maneira de estar e sentido de alerta.

 

o-10-AOS-BODA-FELIPE-Y-LETIZIA-facebook.jpg

 

 

Mas como se não bastasse quando chego à fila das pipocas dou por mim a pedir ao mesmo tempo que eles e logo a seguir a entrarmos na mesma sala de cinema. É sabido que ambos são grandes apreciadores de cinema, mas não contava vê-los ali (claro!!!).

 

Eu sei que eles são pessoas perfeitamente normais, tal como parecem ao vivo e a cores, mas claro está, não deixam de ser os Reis de Espanha e de ter as suas caras sempre estampadas em tudo o que é media e por isso mesmo que descontraídos é difícil passarem despercebidos. Contudo, aparentam ser pessoas simpáticas e recetivas a todos os que lhes falaram. Eu gostava de ter tirado uma selfie, mas não tive coragem. 

 

Parece uma missão impossível ir ao cinema com a realeza, mas desta vez aconteceu!

 

PS: o filme foi bastante bom, pena não haverem pipocas doces por aqui. 

 

by Bel

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fui ontem, finalmente, ver as 50 Sombras de Grey! Eu sei que o filme não estreou nem há uma semana, mas já não podia ouvir falar mais do filme: mil opiniões diferentes e contraditórias, outros tantos suspiros por causa do Mr. Grey, acusações de violência doméstica e até à afirmação do espaço feminino em territórios masculinos...

 50_shades_of_Grey_wallpaper.jpg

Portanto, tinha de ver, não para constatar se os móveis eram mesmo de Paços de Ferreira (ainda contava ver nos créditos uma referência de tanto que se falou nisso), mas para ter a minha opinião!

 

Não fui de “olhos vendados” ver este filme, atraída pela fantástica campanha de marketing, porque já conhecia perfeitamente a história e, por isso, estou à vontade para dizer que achei uma reprodução bem classy do livro!

 

Portanto pessoas pudicas que anunciaram nos telejornais (e atraíram ainda mais pessoas ao cinema) que este filme era quase um escândalo mundial, se tivessem lido os livros estariam completamente mortificadas de tanta depravação...

 

Claro que nem tudo são maravilhas e convenhamos que não é um filme com grande enredo. Na verdade, 95% do filme temos apenas duas personagens, um sem número de close ups, muitas mordidas nos lábios e muitas frases feitas (o que me ri durante o filme com as falas do tal do Mr. Grey). Ah e claro, o filme tem muitas cenas de respiração, suspiros e gemidinhos, mas durante o filme consegue-se ultrapassar isso...

 

Em termos de balanço geral gostei, mas também porque ia com as expectativas bem lá no fundo. Achei que contaram a parte gira da história, com as cenas de sexo necessárias para manter o filme fiel ao livro, acho que a escolha dos atores foi acertada (sei que a maioria das pessoas só fala nele, no Mr. Grey, mas para mim foi Dakota Johnson que teve em grande) e, por isso, o meu conselho é vale sempre a pena ver...

 

 -------------

Yesterday I finally went to see the 50 Shades of Grey! I know that the premiere was less than a week ago, but I could no longer hear more of the film: a thousand different and contradictory opinions, so many sighs because of Mr. Grey, charges of domestic violence and the feminism statement on male territories ...

 

So I had to see, to have my opinion!

 

I wasn’t "blindfolded" to see the movie or attracted by the fantastic marketing campaign, because I perfectly knew the story. So I’m free to say that I found a very classy reproduction of the book!

 

So, prudish people who announced on the evening news (and still attracted more people to the theaters) that this film was almost a global scandal, if they had read the books, they would be completely mortified with so much depravity ...

 

Of course, the film is not perfect and we have to admit that it is not a movie with great plot. In fact, 95% of the movie have only two characters, a number of close ups, many bites on the lips and many clichés (which I laughed during the film with the Mr. Grey lines). Oh and of course, the film has many breathing scenes, sighs and groans, but you get used to that during the film...

 

In general I liked it, but also because it went with my expectations deep down. I thought they told the cute part of the story, with the sex scenes needed to keep the film faithful to the book and the choice of actors was perfect (I know most people only speak about him, Mr. Grey, but for me Dakota Johnson was the best), so my advice that is always worth seeing...

 

 

Fifty-Shades-Of-Grey-Gallery-03.jpg

 

by Kat

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ontem fui ver mais um dos filmes que está nomeado para o Oscar de Melhor Filme: Selma!

Selma.png

 

Com toda a euforia das 50 Sombras de Grey, este filme ficou um bocadinho esquecido e como também não tem muitas nomeações para os Oscares (só tem duas, uma para melhor filme e outra para melhor música) não se tem ouvido falar muito dele. No entanto, para quem gosta de ver filmes históricos e de saber um pouco mais sobre um episódio da História dos Estados Unidos (e do próprio mundo) acho que é um filme a ver.

 

Selma é uma pequena cidade no estado do Alabama que, em 1965, chamou a atenção do mundo para direito de voto de todos os afro-americanos com a ajuda de nada mais nada menos que Martin Luther King.

Apesar de em 1964 se ter acabado com a segregação; a injustiça, o preconceito, os maus tratos, o desrespeito ainda estavam bem presentes e depois do assassínio de um jovem pela polícia, decide-se uma das manifestações mais famosas da história, entre Selma e Montgomery (capital do Alabama) num percurso de mais de 80km.

 

O filme é claro está duro (ou não fosse ele sobre uma parte tão dura da nossa realidade) e com uma carga emocional gigante... Conseguem imaginar os discursos de Martin Luther King sem verter um lágrima?! Para mim é praticamente impossível!

Acho que também é isso que me faz gostar do filme, a emoção de ver uma parte tão relevante da história da própria humanidade, mas ao mesmo tempo ver as indecisões e incertezas que mesmo os grandes líderes têm...

 

----------------- 

 

Yesterday I went to see another film nominated for the Best Picture Oscar: Selma!

 

With all the euphoria around the 50 Shades of Grey, this film was a little forgotten and as it does’t have many nominations for the Oscars (only have two, one for best picture and another for best song) we haven’t heard much about it. However, for those who like to see historical movies and learn more about an episode of the United States History (and the world itself) it's a movie to see.

 

Selma is a small town in the state of Alabama that, in 1965, drew the world's attention to the voting rights of all african-Americans with the help of none other than Martin Luther King.

Although in 1964 the Civil Rights Act of 1964 legally desegregated the South; injustice, prejudice, abuse, disrespect were still very present and after the murder of a young man by the police, decides to become one of the most famous events in history, between Selma and Montgomery (capital of Alabama) in a 80km route.

 

The film is of course hard (or was it on such a hard part of our reality) and very emotional... Can you imagine the Martin Luther King’s speeches without shedding one tear?! For me it is almost impossible!

I think it's also what makes me like the movie, the excitement of seeing such an important part of the history of humanity itself, but at the same time see the indecision and uncertainty that even great leaders have...

selma2.png

 

by Kat

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta semana vi mais um filme nomeado para o Oscar de Melhor Filme: O Jogo da Imitação!

E acho que já tenho um dos meus favoritos, se não for para o Óscar de melhor filme para o de melhor ator (Benedict Cumberbatch representa como ninguém o papel do génio matemático  - Alan Turing - que marcou a história da II Guerra Mundial).

imitation2.JPG

 

Adoro este tipo de histórias que nos deixam saber um pouco mais da nossa história também…

Afinal foi Alan Turing que decifrou a máquina de encriptação nazi e deu a volta à guerra, no entanto o filme conta-nos também um pouco como o país que ele ajudou o persegue e condena pelas suas escolhas sexuais.

Sempre que vejo este tipo de filmes vejo como o mundo evoluiu tão rápido e hoje, pelo menos, não consideramos ilegal ser homossexual (mas ainda temos um longo caminho pela frente).

Aconselho vivamente que vão ver este filme! Já tenho falado com outras pessoas que foram ver e não conheço nenhuma que não tenha gostado.

 

 -------------

This week I saw another film nominated for the Best Picture Oscar: The Imitation Game!

And I think I have one of my favorites, if it’s not for Best Picture it's for the Best Actor award (Benedict Cumberbatch play the role of the mathematical genius - Alan Turing - that marked the history of World War II).

 

I love this kind of stories that make us know a little more about our history too ...

After all was Alan Turing who crack the Nazi Enigma code which helped the Allies win the war, however the film also tells us how the country he helped condemns him for his sexual choices.

Whenever I see this kind of movies I see how the world has evolved so fast and now at least we don't consider illegal to be gay (but we still have a long way to go in this kind of matters).

I would strongly recommend going to see this movie. I have already spoken to other people that saw and everyone loved!  

imitationJPG.JPG

 

 

by Kat

Autoria e outros dados (tags, etc)

Adoro cinema e como tal quando chega esta altura do ano, fico sempre com imensa curiosidade em ver os filmes nomeados para os Oscares (podem ver os nomeados para melhor filme neste post). Ontem, para começar com as minhas sessões de cinema pré-oscares escolhi um dos filmes mais nomeados: Birdman!

birdman.jpg

 

 

O que se pode dizer sobre este filme?! Muita coisa, mas a primeira que me ocorre é: WTF! São vários os momentos WTF neste filme e se calhar foi por isso que gostei tanto...

 

Birdman é uma comédia, mas não é uma comédia qualquer.... É uma comédia a roçar a tragédia, com grandes atores, com grandes cenas de representação (não fossem os próprios atores a representar outros atores) e com alguma profundidade intelectual (apesar de não parecer possível depois de alguns episódios WTF).

 

Se recomendo?! Sim, muito! Porque apesar de não ser grande apreciadora do humor negro, ri-me imenso...

 -------------

I love cinema and when the Oscar session arrives, I’m always excited to see the nominees for best picture (you can see the nominees in this post). Yesterday, to start with my pre-Oscar movie sessions, I chose one of the most nominated films: Birdman!

 

What can be said about this movie?! A lot, but the first thing that comes to mind is: WTF! There are several WTF moments in this film and maybe that's why I liked it so much...

 

Birdman is a comedy, but it’s not like any other comedy... It's a comedy bordering on tragedy, with great actors, with awesome representation scenes (or were not actors themselves to represent other actors) and with some intellectual depth (although it does not seem possible after a few WTF episodes).

 

If I recommend ?! Yes, for sure! Because, although I’m not a big fan of black humor, I laughed a lot...

birdman quotes.jpg

 

 facebook instagrambloglovin'

by Kat

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



foto do autor