Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Para os que nos seguem, a mudança da Bel para Madrid não é novidade. A partir de agora passamos a ser um blog ibérico! Eu continuo por cá, mas vamos passar a ter muitas fotografias e dicas da capital espanhola. Já estou a fazer promessas com a vida alheia, mas acho que ela vai querer partilhar um bocadinho de toda essa experiência.

 

Mas no meio de tudo isto, para os que ficam, Lisboa ficou mais pobre, pelo menos para mim! Quando aqui cheguei há quase 4 anos, a Isabel já cá estava e por isso foi muito fácil adaptar-me a Lisboa e sempre me senti em casa (mesmo estando a 300km da minha verdadeira casa). Tudo fica mais fácil quando temos alguém que já conhecemos, especialmente quando esse alguém é uma pessoa tão próxima, então não existe aquela sensação de estarmos sozinhos. Ainda para mais se essa pessoa for com a Isabel: sempre pronta para sair, animada, divertida e amiga.

 

Com quem posso eu combinar um jantar, às 22h, quando não me apetece cozinhar?! Quem nos vai trazer as novidades dos sítios mais trendy de Lisboa?! Ou com quem vou eu tirar fotos e fazer palhaçadas?! Quem vai organizar os jantares de Halloween?! Com quem podemos contar para a passagem de ano ou simplesmente para comer castanhas no São Martinho?! Sinceramente não sei, mas digam-me se não hei de eu achar que Lisboa ficou mais pobre?!

 

katbel.png

 

Somos amigas há praticamente 10 anos, neste espaço de tempo houve, se não me engano, apenas um ano em que não vivemos na mesma cidade, por isso eu sei que vou sentir falta, mas não posso deixar de estar feliz por ela e por esta aventura! O que nos vale é que eu sei que ela vem visitar Lisboa de vez em quando e que terá sempre um minutinho que seja para estar junto de todos os amigos que por cá ficam.

 

Muitos beijinhos e boa sorte!!!

by Kat

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Os amigos são a família que escolhemos".

Esta tem sido uma frase muito lida nas redes sociais, como legenda de fotos entre grupos de amigos. 

 

for_friendship.jpeg

 

 

Eu tenho a sorte de poder dizer que a minha família (mãe, irmão e futuro e duvidoso marido) são os meus melhores e maiores amigos, mas sem dúvida que considero que fora deste elo de ligações é muito importante ter grandes, melhores e bons amigos. Amigos de sempre, que nos acompanham toda a vida (eu tenho). Amigos que vamos fazendo ao longo de toda a nossa vida de estudante, uns conservamos (eu tenho), outros apesar de terem tido um papel importante a certa altura da nossa vida, foram ficando na nossa lembrança e  agora somos amigos do facebook (eu tenho). Há amizades que criamos através de outros amigos (eu tenho). Há amigos de viagens, amigos de copos e amigos de redes sociais. E por último, será que há amigos do trabalho? 

 

Existem pessoas que adoptam a ideia de que no trabalho não existem amigos, que a qualquer momento as coisas podem mudar de figura e quem pensamos ser nosso amigo, pode passar a competir conosco. Eu nunca me "fechei" a amizades, mas sempre tentei avaliar bem cada situação. E hoje posso dizer que fiz bons amigos no trabalho, com os quais nunca vivi momentos menos bons, porque mesmo enquanto colegas soubemos conservar amizades. 

 

Sou do tipo de pessoas que defende que as relações de amizade devem ser trabalhadas, investidas e cativadas. Que são uma espécie de relação amorosa, porque não devemos parar de comunicar, seja qual for o meio, devemos fazer sentir a nossa presença, devemos festejar os momentos bons e apoiar sempre nos momentos maus. A distância não é desculpa e com tanta tecnologia hoje, tudo é possível. 

 

Hoje é sexta-feira e mesmo não sendo o dia da amizade, acho que é um dia para celebrarmos os amigos, porque TODOS os dias são dias de celebrar a amizade. Porque não combinar um jantar com alguém que não vemos há muito tempo, ou mandar uma mensagem de saudade ou com um simples "lembrei-me de ti". Não é vergonha, não é tontice, não é exagero, é honesto e verdadeiro se for feito com real vontade. E claro que não temos de fazer isso todos os dias, sempre à mesma pessoa, mas é importante não deixar que o tempo leve pessoas de nós. 

 

O vídeo da Super Bock inspirou-me a escrever este texto, porque se existe uma coisa que sempre defendi é a importância da amizade e o saber SEMPRE ter tempo para os amigos (mesmo longe, mesmo que tenhamos namorado(a), quando estamos atolados de trabalho, cansados). 

 

A ideia de largar o telemóvel e levantar o copo está genial. O anúncio está brilhante e a mensagem que passa é o mais real possível dos dias que correm. Eu, tu, nós, e muitas outras pessoas têm o péssimo hábito de estar em grupo e com o telefone na mão a postar fotos, a escrever mensagens ou só a passar o olho nas redes sociais, ou seja temos a cabeça enterrada numa coisa tão pequena e sem sentido, e esquecemo-nos de dar valor ao que realmente importa, a(s) pessoa(s) que está perante nós, que dispensou parte do seu tempo para estar ali. 

 

Por isso, depois de lerem isto porque não falarem com aquele amigo com quem não falam há uma eternidade e que há uns tempos até se lembrou de mandar uma mensagem ou com aquele amigo com quem adoravam estar, mas que sem motivo algum deixaram de ter contacto? 

 

"Vale a pena pensar nisto" ( frase do Oceano Pacífico)! 

 

Tinha tanto para escrever sobre este tema e muito mais sobre os meus amigos, com os quais tenho passado óptimos momentos e me têm dado imensa força nesta mudança de vida! Mas eles sabem que os adoro! 

 

Aqui fica este vídeo fenomenal! 

by Bel

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



foto do autor