Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Este foi um fim-de-semana de muitas emoções! 

Para o país, porque o Benfica ganhar o campeonato é deixar em euforia 6 milhões de pessoas que vibram, cantam e festejam, horas, dias e semanas sem se cansarem. 

Para mim, porque finalmente levantei voo rumo ao país vizinho e já me encontro instalada na minha casa provisoria por um mês até que a minha casa definitiva esteja pronta. 

Mas acima de tudo para os noivos que se casaram este fim-de-semana e que viveram um dia muito feliz. 

 

O casamento foi simplesmente maravilhoso do princípio ao fim. O sítio escolhido, Pousada de Arraiolos, é fantástico. A cerimónia, mesmo que com algum calor, foi linda e claro não resisti e tive de deitar umas lágrimas (gostei mesmo!). Os noivos estavam muito felizes e a noiva estava encantadora. A cor preferida da noiva e que predominou em toda a festa foi o amarelo e claro que eu não destoei. 

 

Toda a animação foi muito bem escolhida e na comida alentejana não existem defeitos possíveis a apontar. 

 

Conclusão, foi um dia único entre familia e amigos que desejarem as maiores felicidades a duas pessoas realmente fantásticas e que merecem tudo de bom nesta vida! 

 

Quanto a mim, aqui deixo o meu look e algumas fotos do local. Espero que gostem e quem sabe vos inspire a casar ou pelo menos num possível look de casamento. 

 

Beijinhos, 

 

by Bel

 

arraiolos yellow.jpg

IMG_3235.JPGIMG_3218.JPG

 

IMG_3233.JPG

 Brincos e colar costas - Accessorize | Vestido - Zara

 

 

 

IMG_3154.JPG

 

Sapatos - Aldo | Anéis e pulseira - CK | Clutch - Uma lojinha no chiado 

 

 

 

 

IMG_3237.JPGIMG_3191.JPG

 

Fantásticos!

 

 

 

IMG_3176.JPG

 

arraiolos.jpg

 O dia seguinte! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A escolha do nome do nosso blog não foi por acaso. 

Wine porque apesar de estarmos longe de sermos entendidas, somos claras apreciadoras. O que não sabemos sobre o tema, questionamos, pesquisamos e neste caso, literalmente que provamos. Lipstick porque como também é fácil de ver pelos nossos posts somos incondicionais fãs do mundo da beleza e da moda. Posto isto, pensámos, "porque não juntar o útil ao agradável e criar uma combinação improvável", mas que se virem bem até tem alguns pontos em comum. 

 

Porém, toda esta introdução serve apenas para justificar o post que vou fazer hoje, logo pela manhã (já devem pensar que sou doida), que acho bastante útil nesta quadra natalícia, porque eu própria tive algumas dúvidas, sobretudo se a decisão tem de ser tomada por nós mesmos e se adicionalmente gostaríamos de impressionar o pessoal lá de casa.

 

Que vinho escolher para a ceia e para o almoço de Natal? 

 

Eu posso não ser uma conhecedora absoluta, mas entre a família e amigos não me faltam produtores de vinho, alguns provadores, outros apreciadores, e inclusive alguém que faz muitos dos rótulos de grandes vinhos do Douro. Por isso abusei da boa vontade deles e perguntei que vinho escolher para cada uma das ocasiões. 

 

Primeiro erro que fiz logo à partida foi pedir para me indicarem um vinho branco para o bacalhau e um vinho tinto para a carne, levei logo com a bela resposta “sabes que o bacalhau também pode ser acompanhado de vinho tinto?” Por isso não se esqueçam que não todo o peixe quer branco e nem toda a carne pede tinto. 

 

Procurei sugerir vinhos de várias regiões, para todos os gostos e para as mais variadas carteiras é tudo uma questão de adaptarem. Mas que o Natal deve ser bem regado, lá isso deve! 

 

Brancos 

garrafas branco.jpg

 

1-Quinta da Alorna | 2- Castelo D'Alba Reserva | 3- Quinta do Portal | 4- Carm 

 

Tintos

 

garrafas tinto.jpg

 

1- CARM Reserva | 2- Castelo D'Alba Reserva | 3- Quinta da Mimosa | 4- Altano Reserva

 

 

E para fechar a refeição em beleza não se esqueçam do belo do vinho do Porto!

 

taylors-lbv-2009.jpg

Vinho do Porto Taylor L.B.V. 2009

 

Se tiverem mais dicas de vinhos partilhem e não se esqueçam de ver os outros posts sobre vinhos no nosso blog, podem ser outras boas ideias.

 

Boas degustações!

 

by Bel  

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dado que esta é uma semana especial para mim, o vinho de que vos venho falar, não poderia ser menos do que especial. É um dos meus vinhos preferidos, foi o vinho que bebi quando conheci o P., é o vinho que costumamos beber em ocasiões especiais e é sem dúvida um vinho que merece um post só para ele. 

 

Hoje vou vos falar do Esporão 4 Castas 2012 que foi o último que bebi (não vos falo do 2009, que foi o primeiro que bebi, porque sinceramente, nem sei se ainda existe à venda). 

 

Qual a minha opinião?

Falando assim só como quem tem o prazer de o beber mesmo... A cor é divinal. Cheira tão bem, que se não agrada a todos, com certeza que deve agradar à maioria. Quando as minhas papilas gustativas o sentem é uma harmonia total na minha boca, o vinho parece quase cremoso e dá-nos uma sensação de um calor confortável. É sem dúvida uma boa aposta para por à mesa, quer num jantar a dois, quer em dias de festa, porque apesar de tudo é um vinho acessível tendo em conta a sua qualidade. O preço por garrafa é de aproximadamente 10 euros. 

ESPORÃO-4-CASTAS.jpg

(para saberes mais sobre o vinho carrega na imagem e vê a minha fonte) 

 

Ano de Colheita:

Ano de pouca chuva, de Primavera e Verão frescos, 2012 proporcionou condições favoráveis para os nossos vinhos tintos, com produções baixas mas de alta qualidade, resultando numa boa concentração das uvas e vinhos intensos e equilibrados.

Castas:Touriga Franca, Tinta Míuda, Cabernet Sauvignon,Alicante Bouschet.

Álcool / Volume: 14,5%

Cor: Aspecto límpido, cor viva e concentrada.

Aroma: Predominam os frutos vermelhos da Touriga Franca e as especiarias da Tinta Míuda

Palato: O Cabernet Sauvignon atribuiu estrutura e elegância, e o Alicante Bouschet concedeu intensidade e equilíbrio. 

Data ideal de consumo:

2014 – 2018

 

Que vos traga momentos especiais.

by Bel 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esta semana a nossa rubrica do vinho será um pouco diferente, não é apenas para falar de uma garrafa de vinho, mas sim de um sítio onde podem desfrutar de toda a essência do vinho, nas mais diversas formas. 

 

Este fim de semana fui até ao Alentejo fazer a "rota dos vinhos do Alentejo", mas sabendo que a escolha é muita, após alguma pesquisa resolvi ir até Montemor-o-Novo à Herdade das Valadas, mais precisamente ao L’AND Vineyards.  

 

Porque escolhi este sítio? Porque aqui podem desfrutar de um fim de semana especial, relaxado e com atividades para todos os gostos. Podem desfrutar apenas das instalações, os quartos são fantásticos, da piscina tranquila no meio do resort, nos dias solarengos. Para os que gostam de desfrutar de tratamento de spa, o resort dispõe de um SPA vinothérapie da Caudalie (que por sinal são produtos que gosto bastante). Os tratamentos, rituais e curas da Caudalie baseados na vinha e uva são valorizados pelas suas propriedades anti-oxidantes e pelos efeitos na beleza, bem-estar e vitalidade.

 

Para os amantes e apreciadores do vinho existe um conjunto de atividades que podem desfrutar a dois ou num grupo de amigos, como provas (com preços variados), visitas à vinha e cursos de iniciação à prova vínica e ligações Enogastronómicas. Aliado ao vinho existem também menus degustação para puderem desfrutar de toda a qualidade dos produtos alentejanos.

 

Como queria aproveitar ao máximo este fim de semana, tentei fazer um bocadinho de tudo. Mas o que gostei mais foi sem dúvida o curso vínico. Acreditem que vale mesmo a pena e que mesmo gostando tanto de desfrutar de um bom vinho há muita coisa que ainda não sei e que ontem me surpreendeu realmente. Com apenas algumas horas na companhia de verdadeiros conhecedores ficamos prontos para numa próxima escolha de vinho sabermos qual a escolha a fazer para combinar com a nossa refeição.

 

Ao longo da conversa com a enóloga fomos falando de alguns mitos e curiosidades acerca do vinho, uns deles já tinha conhecimento e outros fiquei a saber.

- A carne não vai bem só com vinho tinto, nem o peixe combina apenas com vinho branco.

- A melhor combinação com o sushi é o vinho rosé.

- Muitos pensam que se mistura a uva com outras frutas para dar diferentes aromas ao vinho. Mas aroma do vinho não provém de variadas frutas , é algo bastante complexo que está relacionado com o nosso estímulo olfativo ou sápido e com moléculas que entram em intimo contacto com outras moléculas, presentes nos nossos recetores gustativos, nas papilas linguais ou na placa olfatória. Resumindo e baralhando, quando dizemos que um vinho tem o aroma a maçã verde é porque quando o cheiramos e saboreamos, o nosso cérebro associa o sabor acido a algo que já conhecemos como as maçãs verdes. Eu sei que parece complexo, mas se explorarem um bocadinho um tema é realmente fascinante.

- Para quem gostar muito de queijo como eu, o ideal são vinhos brancos amadeirados ou vinhos tintos jovens.

- O sabor do vinho não se deve sobrepor ao sabor do alimento e vice-versa. O ideal é os sabores complementarem-se.

 

Num próximo post falo-vos de dois vinhos que conheci neste fim de semana, que claramente vou ter de repetir. Entretanto, deixo-vos algumas fotos, quem sabe não se entusiasmam e vão lá passar um fim de semana ou apenas uma tarde diferente.   

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

 

 

IMG_5826.JPG

 

IMG_5818.JPG

 

IMG_5871.JPG

 

 

 

 by Bel

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



foto do autor