Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Esta semana a nossa rubrica do vinho será um pouco diferente, não é apenas para falar de uma garrafa de vinho, mas sim de um sítio onde podem desfrutar de toda a essência do vinho, nas mais diversas formas. 

 

Este fim de semana fui até ao Alentejo fazer a "rota dos vinhos do Alentejo", mas sabendo que a escolha é muita, após alguma pesquisa resolvi ir até Montemor-o-Novo à Herdade das Valadas, mais precisamente ao L’AND Vineyards.  

 

Porque escolhi este sítio? Porque aqui podem desfrutar de um fim de semana especial, relaxado e com atividades para todos os gostos. Podem desfrutar apenas das instalações, os quartos são fantásticos, da piscina tranquila no meio do resort, nos dias solarengos. Para os que gostam de desfrutar de tratamento de spa, o resort dispõe de um SPA vinothérapie da Caudalie (que por sinal são produtos que gosto bastante). Os tratamentos, rituais e curas da Caudalie baseados na vinha e uva são valorizados pelas suas propriedades anti-oxidantes e pelos efeitos na beleza, bem-estar e vitalidade.

 

Para os amantes e apreciadores do vinho existe um conjunto de atividades que podem desfrutar a dois ou num grupo de amigos, como provas (com preços variados), visitas à vinha e cursos de iniciação à prova vínica e ligações Enogastronómicas. Aliado ao vinho existem também menus degustação para puderem desfrutar de toda a qualidade dos produtos alentejanos.

 

Como queria aproveitar ao máximo este fim de semana, tentei fazer um bocadinho de tudo. Mas o que gostei mais foi sem dúvida o curso vínico. Acreditem que vale mesmo a pena e que mesmo gostando tanto de desfrutar de um bom vinho há muita coisa que ainda não sei e que ontem me surpreendeu realmente. Com apenas algumas horas na companhia de verdadeiros conhecedores ficamos prontos para numa próxima escolha de vinho sabermos qual a escolha a fazer para combinar com a nossa refeição.

 

Ao longo da conversa com a enóloga fomos falando de alguns mitos e curiosidades acerca do vinho, uns deles já tinha conhecimento e outros fiquei a saber.

- A carne não vai bem só com vinho tinto, nem o peixe combina apenas com vinho branco.

- A melhor combinação com o sushi é o vinho rosé.

- Muitos pensam que se mistura a uva com outras frutas para dar diferentes aromas ao vinho. Mas aroma do vinho não provém de variadas frutas , é algo bastante complexo que está relacionado com o nosso estímulo olfativo ou sápido e com moléculas que entram em intimo contacto com outras moléculas, presentes nos nossos recetores gustativos, nas papilas linguais ou na placa olfatória. Resumindo e baralhando, quando dizemos que um vinho tem o aroma a maçã verde é porque quando o cheiramos e saboreamos, o nosso cérebro associa o sabor acido a algo que já conhecemos como as maçãs verdes. Eu sei que parece complexo, mas se explorarem um bocadinho um tema é realmente fascinante.

- Para quem gostar muito de queijo como eu, o ideal são vinhos brancos amadeirados ou vinhos tintos jovens.

- O sabor do vinho não se deve sobrepor ao sabor do alimento e vice-versa. O ideal é os sabores complementarem-se.

 

Num próximo post falo-vos de dois vinhos que conheci neste fim de semana, que claramente vou ter de repetir. Entretanto, deixo-vos algumas fotos, quem sabe não se entusiasmam e vão lá passar um fim de semana ou apenas uma tarde diferente.   

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

 

 

IMG_5826.JPG

 

IMG_5818.JPG

 

IMG_5871.JPG

 

 

 

 by Bel

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.




foto do autor