Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


mail box.tiff

 

 

Há umas semanas a minha mãe enviou-me por correio azul uma carta com um conteúdo importante, mas não o suficiente para justificar ser registada. Esperei 48 horas e fui abrir o correio : NADA! Estava vazio (apenas contas para pagar... o que não interessa nada). 

 

Imaginei que tivesse ocorrido algum atraso e esperei que o resto da semana passasse e lá fui eu outra vez à caixinha preta com o número da minha porta e NADA! 

 

Passo seguinte, confirmar com a mãezinha que tinha mesmo enviado a cartinha e como me garante que sim, não posso duvidar. Pelo que mais uma vez, NADA! 

 

Vou à loja dos CTT mais próxima da minha residência onde costumam ir parar as encomendas e cartas registadas (tipo multas) quando não estou em casa. Neste ponto e passados já 10 dias do envio da carta, dizem que a responsabilidade não é deles, e NADA! Dão me um número para ligar ou sugerem que me desloque ao local indicado na manhã do dia seguinte, porque fechavam cedo.

 

Espertinha como sou, optei por ligar antes de ir ao local. O que é que me dizem? "Ah, mas isso não é conosco. Ligue para este número." Passados 11 dias e alguns minutos perdidos da minha vida, já estava bastante irritada. Mas depois de mais um NADA, decidi ligar e pela terceira vez expliquei a história toda até chegar aquele número. O senhor que me atendeu era muito simpático e prontificou-se a falar com a carteira que distribui o correio. Disse-me para ligar dai a 2 dias, que ele já teria novidades. Mas neste ponto é importante mencionar que o senhor me deu a seguinte novidade, depois de eu indicar a minha morada:\

- " a senhora não mora nessa zona, está enganada!" 

- "Ai não então em que zona moro?" - digo eu

- " Essa parte não tem nome" - diz o senhor muito prontamente. 

Fiquei boquiaberta e pronto não disse mais NADA. 

 

14 dias se passaram torno a ligar, ninguém sabe de NADA e ainda me dão mais um número para ligar com a seguinte indicação: " pode ligar, mas é quase impossível que a atendam, quanto mais identificarem a sua carta nos milhares de entradas diárias". 

 

Desisto. 

 

Passados 22 dias, vou ao correio por curiosidade e lá está a bela da carta enviada pela mamã enrolada em fita-cola. Quem a terá aberto? Porque é que a abriram? Não sabem que é crime? Terá ido parar à caixa de correio de um vizinho curioso? Terão pensado que estava lá dinheiro? O conteúdo estava intacto, por isso apesar de tudo fiquei contente. 

 

Gosto imenso de receber BOM correio e do prazer de abrir uma carta à moda antiga! 

 

by Bel

 

--------------------------

 

A few weeks ago my mother sent me by priority mail a letter with an important content, but not enough to justify be recorded. I waited 48 hours and went to open the mail: NOTHING! It was empty (only bills to pay ... what doesn’t matter at all).

 

 

 

I figured that had occurred some delay and waited for the rest of the week to pass and there I went again to the black box with the number of my door and NOTHING!

 

 

 

Next step, confirm with the mommy if she had even sent the letter and she assures me that yes, I can not doubt. Therefore again, NOTHING!

 

 

 

I go to the CTT shop nearest my residence where usually go stop orders and registered letters, when I'm not home. At this point and already past 10 days of the dispatch of the letter, they say that the responsibility is not theirs, and NOTHING! They gave me a number to call or suggest me to go to the place indicated in the following morning, because it close early.

 

 

 

Smartass as I am, I decided to call before going to the spot. What did they said? "Ah, but that's not with us. Call this number." After 11 days and lost some minutes of my life, i was already quite annoyed. But after another NOTHING, I decided to call and the third time I explained the whole story. The gentleman who assisted me was very friendly and offered to talk to the mailman that delivers the mail. He told me to turn the call in two days, so he would have news. But at this point it is important to mention that he gave me this news, after I indicate my address: 

 

- "You did not live in that area, you're wrong!"

 

- "Is not in that area that I live?" - I say

 

- "This part has no name" - says he very promptly.

 

Gaped and didn’t said NOTHING.

 

 

 

14 days have passed, i call again and no one knows ANYTHING and still gave me another number to call with the following statement: "can connect, but it is almost impossible for someone to pick up the phone and worst it will be to identify your letter in thousands of daily entries" .

 

 

 

I Give Up.

 

 

 

After 22 days, I go to the mail out of curiosity and there is it, my beautiful letter from Mom wrapped in tape. Who had opened it? Why is opened? Did people know that is a crime? Had it went into the mailbox of a curious neighbor? Had anyone thought that there was money? The content was intact, so all in and I was happy.

 

 

 

I really like to receive GOOD mail and the pleasure of opening a letter the old fashioned way!

 

by Bel

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



4 comentários

Sem imagem de perfil

Teodoro a 25.02.2015

Quando se sabe que os CTT têm uma acentuada politíca de redução de custos, equipamentos, pessoal, etc, é de esperar que a coisa funcione bem? Claro que não, os CTT hoje em dia não são de confiança. O pior é que os governos não aprendem com as asneiras, privatizar os CTT foi um erro!
Imagem de perfil

Wine&Lipstick a 27.02.2015

Concordo com tudo o que disse! Isto realmente está cada vez pior!
Foi uma pena ter acontecido, mas sei que não me aconteceu só a mim e que é recorrente!

Sem imagem de perfil

Anónimo a 25.02.2015

Sugiro a apresentação de reclamação aqui:
https://www.anacom.pt/bvirtual/index.jsp?do=edit&idform=FRECL-ANACOM
Sem imagem de perfil

Anónimo a 25.02.2015

infelizmente é mais comum do que se pensa.

enviar uma carta hoje em dia sem ser registada é uma autêntica lotaria. tanto pode chegar como não.

também a mim me acontece algo semelhante, no sentido inverso. mandei uma cartinha a minha mãe, e qual o meu espanto quando passados uns dias ainda nada.
uma semana e meia depois lá lhe chega a carta, aberta, com o conteúdo dobrado e rasgado. sinceramente o que se ganha ao abrir uma carta que não os é dirigida, quando apenas contem desabafos de uma filha para a mãe?!

Comentar post



foto do autor