Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

Uma cidade repleta de arte e cultura. Museus extraordinários, parques incrivéis e experiências fantásticas! 

Uma cidade para os mais diversos gostos e onde não há momentos monótonos! 

Pessoas, bicicletas, cerveja, tarte de maçã, batatas fritas, barcos, canais, noite e vida são algumas das muitas coisas que podem encontrar em AMSTERDÃO! 

 

 

IMG_9786.jpg

 

IMG_2478.jpg

 

IMG_2507.jpg

 

IMG_2570.jpg

 

IMG_2577.jpg

 

IMG_2599.jpg

 

IMG_2657.jpg

 

IMG_2690.jpg

 

IMG_2755.jpg

 

 

 

 

 

IMG_9757.jpg

 

 

 

IMG_9766.jpg

 

IMG_2791.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Se estiverem a pensar ir até Amesterdão, não será novidade para vocês que por lá o frio é mesmo gelado. Claro que sabendo isto qualquer um vai muito bem preparado na luta contra o frio : camisolas quentinhas, casacos bem fortes, botas, cachecóis, gorros e luvas. Mas isto é só uma maneira de superar o frio exterior. Perante tanto frio é preciso aquecer o corpo, mas também a alma. E qual a melhor maneira para o fazer, senão comer e beber!

Amsterdão pode ser uma cidade pequenina, mas tem muitos encantos por descobrir. Nos 4 dias que por lá passei, já levava alguns sítios planeados, aos quais não podia deixar de ir, mas outros fui descobrindo enquanto íamos passeando pelas ruas. 

 

Aqui ficam alguns lugares bem quentinhos, nos quais com certeza vão passar bons momentos! 

 

The Lobby Restaurant (Hotel V) - para um brunch delicioso, um almoço ou um jantar. 

 

Heineken Experience Museum - duas horas bem passadas, para quem aprecia cerveja, com muitas experiências interativas e                               claro, como não podia deixar de ser, com cerveja à mistura. (Comprem o bilhete nos quiosques na rua que fica 2 euros mais barato, o normal é 18 euros por pessoa).

 

The Cheese Museum - para quem for apaixonada por queijo como eu, este é um local a visitar. Apesar de por toda a cidade existirem imensas lojas de queijos e quase que em todas temos a oportunidade de experimentar, aqui é mesmo super à vontade. Existem dezenas de variedades de queijo e mal entramos é nos dado um palito e podemos provar cada um daqueles queijos fantásticos (foram mesmo muito poucos aos quais torci o nariz). Queijos às cores, com especiarias, mais curados, menos curados, mais fortes, mais suaves e todos ali à espera de uma prova. Para além das provas o museu tem uma pequena exposição sobre a produção do queijo ao longo dos tempos. (Entrada grátis). 

 

Para além destes lugares em específico nunca é demais entrarmos num cafézinho e beber uma cerveja geladinha, um café bem quentinho, um cappucino ou claro optar por entrar num bar de vinhos e fazer uma prova. 

 

Espero que estas ideias sejam úteis! Se passarem por algum destes sítios depois contem como foi! 

 

Beijinhos

 by Bel

 

Brunch.png

BEAR.jpg

 

 

CHEESE.jpg

 

If you are thinking of going to Amsterdam will not be news to you that there the cold is really chilly . Of course knowing that, anyone goes very well prepared to fight the cold: warm sweaters and strong coats, boots, scarves, hats and gloves. But this is only a way to overcome the outside cold. To get trough the cold you need to warm the body but also the soul. And what better way to do but eat and drink!

 

Amsterdam can be a little town but has many charms to discover. In the 4 days we spent there, i had some planned places to go, which could not let go, but others I discovered while we were strolling the streets.

 

Here are some very warm places, where you will surely have a good time!

 

The Lobby Restaurant (Hotel V) - for a delicious brunch, lunch or dinner.

 

Heineken Experience Museum - two hours well spent, for those who enjoy beer, with many interactive experiences and of course with beer to cheer up the spirit. (Buy the ticket in the kiosks on the street which is 2 euros cheaper, normal is 18 euros per person).

 

The Cheese Museum - for those who are passionate about cheese like me, this is a place to visit. Although through the city there are lots of cheese shops and almost in all of them you have a chance to try, here is even comfortable. There are dozens of varieties of cheese and when you entered is given in a toothpick and you can taste each one of those fantastic cheese (there were very few of which I twisted my nose). Cheeses with colors, with spices, more healed, less healed, stronger, smoother and all there waiting for one bite. In addition to that the museum has a small exhibition on the production of cheese over time. (Free entry).

 

There are also other places that are worth to try and to have a cold beer, a warm coffee, cappucino or go into a wine bar.

 

I hope these ideas are helpful! If you go there and went into any of these places, then share how it went!

 

Kisses, 

by Bel

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Se ainda não foram a Amsterdão, não deixem de ir! É uma cidade fantástica para passar um fim-de-semana prolongado. Hoje em dia já se conseguem voos bastante em conta, através de companhias low cost. A cidade em si não é propriamente barata, mas é possível visitar sem fazer grandes estragos na carteira. 

Uma viagem regada de óptimos momentos!

E se ainda não viram, vejo o vídeo da minha Bike Tour no Canal do Youtube!

 

 

IMG_2367.jpg

 

American Hampshire Hotel - Where we stayed : awesome location, nice staff, average rooms!

IMG_2313.jpg

 

 

IMG_2507.jpg

 

 

IMG_2409.jpg

IMG_2357.jpg

IMG_2389.jpg

 

IMG_2426.jpg

IMG_2432.jpg

IMG_2455.jpg

IMG_2470.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E como o prometido é devido aqui fica a continuação da nossa estadia pelas fantásticas ilhas Phi Phi.

 

Como já vos tinha contado, no final do 1º dia fomos procurar capitão e um barco para nos levar a passear um dia inteiro, por sítios à nossa escolha. Na fase de preparação da viagem já tínhamos alguns sítios em mente e chegámos a um acordo com o senhor da loja de aluguer de barcos, quanto ao preço e tempo que iriamos usufruir. Uma ideia a reter: tudo se negoceia até ao último tostão.

IMG_1274.JPG

 

Quando chegámos ao barco, percebemos que o “capitão” era simpático e sorridente, mas não falava inglês e pensámos “isto não vai correr bem”. Entrámos e dissemos qual o nosso primeiro destino, Maya Bay. Neste local foi filmado o filme A Praia com o Leonardo DiCaprio e sempre ouvi maravilhas do sítio. É realmente paradisíaco e lindíssimo, pena ser tão comercial e ter tanta gente a querer visitar. Por acaso tivemos sorte com o dia, mas normalmente está cheio de pessoas. Ficámos umas horas a desfrutar o sitio e combinámos uma hora com o “capitão” para nos levar à próxima paragem.

 

10380651_10152292061433020_8159406812023522033_o.j

IMG_8341.JPG

 

A próxima paragem foi decidia pelo “capitão”, a Blue Lagoon, não tínhamos ouvido falar, mas não dissemos que não, claro. E ainda bem. Água cristalina, uma lagoa rodeada de rochedos cobertos de um manto verde de plantas, o sítio parecia ter saído de um filme. Logo de seguida passamos por uma caverna, onde realmente vivem pessoas. Sim, a paisagem é bonita, mas n vivia ali dentro das rochas, MEDOOO!

IMG_8413.JPG

 

IMG_1321.JPG

 

A paragem seguinte foi escolha nossa, Monkey Beach, mas se ao principio estávamos super entusiasmados, no final já só queríamos sair dali. Imaginem uma praia pequena, onde só moram macacos e onde eles controlam literalmente quem põe os pés no território deles, para além de quererem roubar tudo o que as pessoas tenham de comida nos barcos e caso não lhe queiramos dar tornam-se agressivos. Eu cá não quis muitas macacadas com eles. Já o nosso “capitão” parecia falar a mesma língua que eles, foi muito estranho.

IMG_8488.JPG

 

 

 

 

 

IMG_8493.JPG

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O almoço foi no centro da ilha, uma zona mais comercial e muito carismática, com imensas lojinhas, restaurantes. Onde as pessoas são muito simpáticas e claro (tal como em todo o lado na ilha) quando entramos em algum sítio, temos de deixar os sapatos à porta.

 

Da parte da tarde fomos até Bamboo Island e Mosquito Island. Na primeira apenas descasámos um bocadinho, na segunda fomos fazer um snorkeling (tal como já tínhamos feito de manhã na Blue Lagoon). São dois sítios bonitos, mas não tão fabulosos como os anteriores.

 

Regressámos ao nosso paraíso privado, agradecemos da maneira que conseguimos ao nosso “capitão” e fomos jantar ao restaurante tailandês do resort, onde podemos dizer que a comida era bastante boa, já a sobremesa assemelhava-se bastante a barras de sabão.

 

No último dia foi um dolce fare niente e um jantarzinho fantástico, com uma carne e um peixe divinal, acompanhado de uma tempestade tropical no meio do mar, sem dúvida um cenário indescritível e um jantar memorável.

 

10660215_10154835939035131_4086194118129507268_n.j

 

IMG_1029.JPG

 O destino seguinte foi claramente de loucos. O oposto a esta paz e tranquilidade. 

 by Katbel

Autoria e outros dados (tags, etc)

Já que estamos numa onde de calor, nada melhor do que falar do destino que se seguiu a Krabi. As maravilhosas ilhas Phi Phi.

 

Apanhámos o ferry Ao Nang Princess no porto de Krabi em Ao Nang Beach. A viagem demora aproximadamente 2 horas e custa 500 THB (aprox. 11 euros). Quando chegámos tínhamos alguém do hotel à nossa espera com uns chapéus para nos proteger do sol e um barquinho só para nós.

 

Escolha do hotel: A escolha do hotel em Kho Phi Phi foi algo complicada. Apesar de a oferta não ser muito grande, a diferença de preços entre os resorts mais normais e os resorts mais caros, ainda é significativa. Nós sabíamos que queríamos uma estadia daquelas de sonho, mas também não estávamos numa onda de gastar todo o orçamento naquela paragem. Inicialmente, marcamos um resort 4 estrelas Phi Phi The Beach Resort  e conformámo-nos que não poderíamos ficar num dos principais (Outrigger, Zeavola) . Entretanto, depois de acharmos que já tínhamos ultrapassado essa escolha, a Kat acorda no dia seguinte com um feeling que devíamos era marcar o hotel que tanto queríamos, o Outrigger. E digo-vos que foi o melhor que podíamos ter feito... fechando um bocado os olhos ao nosso orçamento.

IMG_8143.JPG

 

O hotel é um dos últimos da ilha, tranquilo e com uma disposição fantástica. Fomos muito bem recebidos e mal chegámos tivemos uma oferta de um upgrade, o qual pensámos que teríamos de pagar, mas no final de contas não pagámos nada e passámos de uma casinha para cada casal, para uma vila privada e incrível, com piscina, no topo do resort com vista para o mar. Divinal.

IMG_0977.JPG

 

Nesta estadia aconteceu de tudo um pouco. No primeiro dia estávamos deslumbrados com a ilha, com o resort, com a nossa vila privada, com a temperatura do ar, da água. Tentámos fazer de tudo um pouco e ainda explorar um bocadinho a ilha à volta do resort. A trás do resort existem alguns restaurantes, lojinhas e bares bastante característicos. Mas um dos nossos objectivos era encontrarmos um sítio para marcar um passeio num daqueles barcos típicos e explorar a ilha.  

IMG_8258.JPG

 

Como já me estava a alongar e ainda muita coisa para contar, ainda esta semana vos escrevo como foram os dias seguintes e como este tem de ser um destino de paragem obrigatória.

 

by Bel

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



foto do autor