Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Se pensas que as roupinhas de pele estão apenas reservadas para os fins de semana? Pensa de novo.

No princípio tive algumas dúvidas em relação a usar pele para o escritório, mas ah«gora já não consigo ignorar esta tendência. Se também tens este tipo de reservas, tenta experimentar uma saia lápis em pele e também vais mudar de ideias logo logo…

As peças clássicas para o escritório em pele podem ser formais também:

Leather.JPG

 

Mango: Carteira 49,99€ | Zara: Saia – 25,95€; Casaco - 99,95€; Sapatos – 39,95€ | Parfois: Colar -25,95€ | Michael Kors: Relógio

 

Think leather only belongs in your off-duty look? Think again. 

In the begging I had some doubts about wear leather to the office, but now I can’t ignore this big trend. If you have that type of problem, you should try to wear a pencil leather skirt and you will change your mind right away…

The classic office clothes in leather can be polish too.

 

 

 facebook instagrambloglovin'

by Kat

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Não deve haver limites para o empenho humano. Por pior que a vida possa parecer, enquanto houver vida, haverá esperança."

 

The-Theory-Of-Everything1.jpg

 

Esta frase resume bem o conteúdo deste filme. Normalmente, usamos uma frase sonante para terminar um texto, uma ideia, mas desta vez o melhor fica para o início. 

 

É um filme de descobertas, de marcos históricos e de algum conteúdo científico, mas acima de tudo é um filme que nos mostra como a força do amor e a força da vontade podem ajudar a ultrapassar as situações mais difíceis. 

 

Baseada numa história real, sobre Stephen Hawking, um dos mais importantes astrofísicos de todos os tempos, que tem hoje 73 anos, o filme conta a história da sua vida desde o momento que conheceu o seu grande amor, Jane Wilde (papel interpretado pela atriz Felicity Jones, também nomeada para os Óscares da Academia) até aos dias de hoje.

 

É difícil não contar o filme, porque é uma história muito atual e bastante conhecida, mas ainda que uma pessoa leia sobre o assunto, ver a sua história e todos os momentos pelos quais passou, relacionados com o evoluir da sua doença, é desconcertante.

Uns meses após conhecer Jane é diagnosticado a Stephen uma doença esclerose lateral amiotrófica, uma doença incurável e degenerativa que leva à perda permanente de movimento muscular e a informação que recebe é que a sua esperança vida é de 2 anos. Jane não aceita a ideia e decide contrariar todas as expectativas. Contudo, decidem aproveitar cada momento, casam e têm logo cedo um filho.

 

Stephen cada vez mais debilitado não desiste de viver, dado que a sua capacidade cerebral funciona em pleno e continua a trabalhar na Universidade. Os anos passam e conseguem superar várias barreiras e têm mais dois filhos. O resto deixo para que vocês descubram sozinhos, porque o filme passa por vários momentos marcantes na vida de cada personagem.

 

Durante o filme derramei muitas lágrimas, dei muitas gargalhadas, revoltei-me e segurei-me ao braço da cadeira. É um filme de emoções e onde temos realmente muito para aprender e agradecer por todas as coisas boas que a vida nos dá e às quais devemos dar valor.

 

Num próximo post falo-vos da prestação deste ator, que para mim foi brilhante e ao qual entregava a estatueta dourada.

 

Um filme a não perder!

10527311_720000101407627_5368284494219639104_n.jpg

 

 

--------------------

 

“There should be no limits to human effort. However life seem bad, while there is life, there is hope."

This phrase sums up the content of this movie. Normally, we use a sounding phrase to finish a text, an idea, but this time the best comes to the top.

 

It is a movie of discoveries, landmarks and some scientific content, but above all is a film that shows us how the power of love and the strength of will can help to overcome the most difficult situations.

 

Based on a true story, about Stephen Hawking, one of the most important astrophysical of all time, who is now 73, the film tells the story of his life from the moment he met his great love, Jane Wilde (role played by actress Felicity Jones, also nominated for the Academy Awards) until the present day.

It's hard not to give spoils about the movie, because it is a very timely and a well-known story, but still, if a person read about it, or see his history and all the moments that he passed through, related to the evolution of their disease, is surprising.

A few months after meeting Jane, he was diagnosed with a lateral sclerosis amyotrophic disease, an incurable degenerative disease that causes loss of muscle movement and the information that he received was that their life expectancy it would be 2 years. Jane didn’t not accept the idea and decides to go against all expectations. However, they decided to enjoy every moment, married and had the first child.

 

Stephen increasingly weakened not give up living, as their brain power works in full, he continues to work at the University. Years pass and they can overcome various barriers and have two children. The rest I leave to you to discover alone, because the film goes through several important moments in the life of each character.

 

During the movie, I cry many tears, laugh a lot and I also get angry and frustrated. It is a movie of emotions and acknowledge that we have really a lot to learn and to be thankful for all the good things that life gives us and to which we must give value.

 

In the next post I speak to you of the role of this actor, which for me was brilliant and which should give him the golden statuette.

 

A movie not to be missed!

 

 facebook instagrambloglovin'

by Bel

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

dior hair mist.PNG

 

 

Como vos tinha falado no post de ontem (aqui) não é só a Benefit que nos traz novidades este ano. A marca Dior também vai lançar um produto no mercado, que mesmo ainda não tendo chegado a Portugal, já me conquistou. 

 

Várias marcas já lançaram Hair mist, isto é, perfume para cabelo, inclusive a própria Dior, mas nunca me suscitou grande curiosidade, porém este ano, a nova fragância será da Miss Dior, que é o perfume que uso atualmente e de que gosto bastante. 

 

Mas perguntam vocês, porque é que não pões o perfume no cabelo? Sinceramente, não tenho essa tendência, porque sei que seca e agredi o cabelo e como tal ponho na roupa, pescoço e pulsos, mas não no cabelo. Porém, este tipo de produtos é criado a pensar nos cabelos, pelo que é mais suave e tem um perfil de fixação de fragância apropriado, para ter uma maior durabilidade. 

 

Claro que também adoro o cheirinho do cabelo acabado de lavar, porque gosto imenso do champô que uso, mas sempre dá para variar. 

 

O preço, para já, desconheço, mas sei que será lançado dia 1 de Março. Mais uma espera! 

 

Parece-vos uma boa ideia? Ou nem por isso?

 

-----------------------

 

As you had said in yesterday's post (here) is not only Benefit yhat brings us news this year. Dior will also launch a product on the market that have not even having come to Portugal and already won me over.

 

Several brands have launched Hair mist, including Dior own, but it never aroused me great curiosity. Although, this year, the new fragrance will be the Miss Dior, which is the perfume that I currently use and I like a lot.

 

However, you ask, why do not you put the perfume in your hair? Honestly, I have this tendency, because I know that dry and strike the hair and as such, I put it on clothing, neck and wrists, but not the hair. Still, this type of product is exclusively designed for the hair, so it is softer and has an appropriate fragrance fixing profile, to have greater durability.

 

Of course we also love the smell of the finished hair washing, because I really like the shampoo I use, but we will always be able to vary.

 

 The price, for now, is unknown to me, but I know that will be released on 1st March. One more waiting!

 

It seems to you a good idea? Or not really?

 

Beijinhos,

 

by Bel

Autoria e outros dados (tags, etc)

A pedido de uma das nossas seguidoras no Facebook Wine&Lipstick, hoje vou dar algumas sugestões de como usar uma saia de tule para um casamento. Como eu este ano tenho pelo menos 5 casamentos, é preciso começar a pensar no que vestir. Confesso que a ideia de usar uma saia deste tipo ainda não me tinha ocorrido, mas depois de montar estes looks, parecem-me óptimas opções. 

 

Uma saia de tule é já por si bastante chamativa, pelo que, na minha opinião, devemos optar por uma de duas vias :

- uma combinação com uns tons sóbrios, nudes e simples, mas com elegância , claro! Podem dar um up ao look com uma clutch mais colorida. 

- ou, apostar em algo mais arrojado, com brilhos ou uma cor de sapatos que se destaque mais, mas que componha o look, sem exagerar. 

 

Tule de tom nude : o ideal é partes de cima de cores douradas, brancas ou com algum feitio mais rosa ou bordeaux. Para sapatos, depende do que usarem em cima, mas com estas opções, podem fazer várias combinações. Em termos de acessórios diria para usarem umas pérolas simples e umas pulseiras para completar o look. 

 

Upon request of one of our followers on Facebook Wine & Lipstick, today I will give some suggestions on how to use a tulle skirt for a wedding. This year I have at least 5 weddings, so I need to start thinking about what to wear. I confess that the idea of using a skirt of this type had not yet occurred to me, but after composed these looks, seem to me great options.

 

A tulle skirt is in itself quite striking, so, in my opinion, we must choose one of two ways:

- A combination with a sober tones, nudes and simple but elegantly, of course! May give an up to the look with a more colorful clutch.

- Or bet on something more bold, with sparkles or a color of shoes that stand out more but be careful with it, so you don’t overdoing it.

 

Tulle tone nude: ideally tops of golden colors, white, pink with some more character or bordeaux. Shoe, depends on what you choose to use to the upper part, but with the options above, you can create   several combinations. In terms of accessories I would say to use a simple pearls and some bracelets to complete the look.

 

tull 1.tiff

 

 

Tule em tom cinzento: para uma parte de cima sugeria um preto com alguma pedraria ou feitio, mas também podem optar por algo com uns brilhos prata, que fica muito bonito também, sendo que o branco também pode ser considerado. Neste caso os pés precisam de algum destaque e é uma boa altura para porém um scarpin preto ou aqueles sapatos prateados que comprámos mas que não sabemos quando usar. Neste caso não optaria por uma carteira colorida, mas algo dentro dos tons usados. Para acessórios penso que uns brincos estilo Swarovski (com brilho, mas não muito exagerado) ajudam a compor este look. 

 

Tulle in gray tone: for a top I suggested a black with some precious stones , but can also choose something with a silver sparkles, which is also very beautiful, and white can also be considered. In this case your feet need some highlight and is a good time to wear a black scarpin or those silver shoes that you bought but you do not know when to use. In this case i wouldn’t choose a colorful clutch, but something inside of those used tones. For accessories I think some earrings Swarovski style (shiny, but not too exaggerated) help make this look.

 

 

 

 

tull 2.tiff

O que acharam? Arriscavam usar um look destes?

Obrigada Julia pela sugestão do post, espero que tenha ajudado.

Se tal como a Julia, tiverem alguma questão para a qual precisem de dicas ou opiniões contactem-nos via facebook ou email, ficariamos muito satisfeitas por ajudar! 

 

What did you think? Would you wear a look like these?

Thank you Julia for the post suggestion, I hope it helped.

If as Julia, you have a question for which you need an advice or opinion, contact us via facebook or email, we would be pleased to help you! 

 

 facebook instagrambloglovin'

by Bel

Autoria e outros dados (tags, etc)

sushi.tiff

 

Não sei se seguem o Master Chef Australia como eu que gosto imenso de ver (quase religiosamente). Gosto do formato do programa, dos 3 “apresentadores” que na verdade são excelentes chefs e donos de restaurantes (Gary Mehigan e George Calombaris) e jornalista de comida/crítico de restaurantes (Matt Preston). Gosto dos desafios, das aulas, do espirito que se vive e de como as emoções são levadas ao extremo (eu já chorei imensas vezes). Espero mesmo é que não seja fingido e seja tudo real, mas isso nunca vou saber. 

 

Apesar do programa ir na sua 6ª edição, ainda me surpreende. O episódio 36 da 6ª temporada é uma eliminatória entre 3 cozinheiros, num dos mais prestigiados restaurantes de sushi do mundo, o Nobu. Mas como se não bastasse ser lá, ainda tiverem o prazer de conhecer e aprender a cozinhar com um dos mais prestigiados chefs de sushi, o próprio Nobu. Este chef tem  42 anos de experiência e mais de 30 restaurantes no mundo inteiro. Eu já tive o prazer de comer no Nobu de Nova Iorque e acho que ainda hoje me lembro daquele sabor divinal e dos pratos originais.

 

nobu.tiff

 

 

Durante os 40 minutos do programa ele ensina a fazer o sashimi, sushi roll e nigiris perfeitos. Se virem o programa e o virem cozinhar até parece fácil fazer sushi, mas quando os 3 concorrentes tentam replicar é o caos completo e é possível ver a complexidade desta arte culinária.

 

nobu 2 .tiff

nobu 3.tiff

 

 

Eu confesso que sou louca por sushi e sempre que tenho aquele desejo, tenho de comer. Além disso gosto de experimentar novos espaços e tipos de sushi diferentes e originais. Mas se nos ficarmos pelo básico e tradicional e for realmente bom e fresco sabe sempre bem!   

 

Em Portugal temos excelentes exemplos de bons restaurantes de sushi e como tal aqui ficam algumas propostas caso não conheçam e deixo também alguns que ainda não conheço mas já sei que tenho de experimentar:

 

  • Sushic, em Almada. Sem dúvida uma dos melhores sushis que conheço e não digo que seja barato, mas o preço paga claramente a qualidade. 
  • Góshò, no Porto. Foi das minhas primeiras experiências de sushi já há uns bons anos e ainda hoje continuo a gostar imenso. 
  • Gull, no Porto. Óptimo e com uma vista excelente. 
  • Sushi café, especialmente Sushi Café Amoreiras ou Sushi Café Avenida, em Lisboa. Óptima relação preço qualidade. 
  • Sushi Design , em Cascais. Ainda não fui, mas só pela localização já vale a pena.
  • Kampai, existe em Lisboa e no Porto. Ainda não fui, mas já sei que estou em falta. 
  • Sakura Picoas, em Lisboa. Ainda não fui, mas já me falaram bem e parece que a relação qualidade preço também é muito boa. 

 

Fico à espera que também me indiquem novos sítios! =) 

------------------------

 

I do not know if you follow Master Chef Australia like me, because i see it almost religiously. I like the format of the program, the 3 "presenters" who actually are excellent chefs and restaurant owners (Gary Mehigan and George Calombaris) and journalist of food / restaurant critic (Matt Preston). I like the challenges, the lessons, the spirit that lives and how emotions are taken to the extreme (I've cried many times). I hope it's all real, but I'll never know.

 

Although the program go in its 6th edition, still surprises me. The episode 36 of season 6 is a tie between three cooks, in one of most prestigious sushi restaurants in the world, Nobu. But as if that was not enough, they still had the pleasure to meet and learn how to cook with one of the most prestigious sushi chefs, Nobu himself. This chef has 42 years of experience and over 30 restaurants worldwide. I've had the pleasure of eating at Nobu in New York and I can still remember that divine taste and original dishes.

 

During the 40 minutes of the program he teaches to do perfect sashimi, sushi roll and nigiris. If you see the program and see him cook, it seems easy to make sushi, but when the three competitors attempt to replicate is the complete chaos and you can see the complexity of cooking.

 

I confess that I am crazy about sushi and whenever I have that desire, I have to eat. I also like to try new places and different types of sushi. But if we stay with the basics and traditional and is really good and fresh it will always tast good!

 

In Portugal we have excellent examples of good sushi restaurants and here are some proposals maybe you should not know and also some options i don't know but I have to try:

 

Sushic in Almada. Undoubtedly one of the best sushi I know and do not say it to be cheap, but the price paid match the quality.

Góshò in Porto. It was one of my first sushi experience a few years ago and today i still really enjoy.

Gull, in Porto. So good and with a great view. 

Sushi café, specially Sushi Café Amoreiras or Sushi Café Avenida, Lisbon. Great value for money.

 

Sushi Design in Cascais. I have not been, but only by the location already worth it.

Kampai, exists in Lisbon and Porto. Not yet been, but I know that I'm missing.

Sakura Picoas in Lisbon. I have not been yet, but have told me well and it seems that the price-quality ratio is also very good.

 

by Bel

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aviso

WINE&LIPSTICK, Fashion, Beauty, Travel, Lifestyle, Wine, Lipstick A blog to consume without moderation Todas as imagens publicadas neste blog são pessoais ou foram encontradas via motor de busca. Em caso de violação de direitos de autor, serão retiradas mediante aviso via e-mail.



foto do autor